quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Prisioneiro da Liberdade

O céu está laranja de novo e as folhas caem bruscamente de suas respectivas árvores. Você nem mesmo percebeu. Você nunca olhou através desta janela. Você é o prisioneiro da liberdade. Liberdade esta, que roubou você, e sem nem perceber, te tornou refém. Você podia estar livre agora, mas preferiu estar preso à esse mundo, acreditando que seria justamente isso que te libertaria. Mas você ainda tem as suas asas, nada está perdido. Então, quando voltar a voar, me grite. Quando voltar a voltar, me ame.

Escrito por: Gabrielle Pires Silva (Tequila)

Postado por Gabrielle Pires Silva às 19:53

9 comentários:

criseadolescente disse...

amei muito esse texto, super romantico, super inspirador, super peerfeito *-* parabens !

JULIA disse...

"Você podia estar livre agora, mas preferiu estar preso à esse mundo, acreditando que seria justamente isso que te libertaria. Mas você ainda tem as suas asas, nada está perdido. Então, quando voltar a voar, me grite. Quando voltar a voltar, me ame." Simplesmente perfeito!

Giovanni seiji disse...

"prisioneiro da liberdade", nossa, jamais pensei dessa forma!! muito legal!! ^^

carolina disse...

cara, muito perfeito, tenho nem o que falar

R. Z. M. disse...

Lindo. Parabéns!

um beijo.

Rodolpho Padovani disse...

Ah, esse pedido final foi como uma súplica a uma alma solitária... muito bom...

Bjs =)

Thaiana disse...

Ai ... Liberadade ta em alta pelo visto , rsrsrs ... Amei como sempre ... Você é um doce , adoro ler seus textos ... bjus gata !

Laila Saltoris disse...

uau...*-*

concordo com o Giovanni, nunca tinha pensado dessa forma "prisioneiro da liberdade".
simplesmente perfeito!

gustavo disse...

haha, eu conheço esse texto de algum lugar :D

manero :)

Postar um comentário