sexta-feira, 8 de abril de 2011

Ser quem eu sou

Eu não quero viver a vida de outras pessoas. Não quero ficar me perguntando como teria sido, e o que eu teria sentido.

Não quero viver da experiência de outras pessoas. Não formarão nada em mim. Não acredito que o meu destino é igual ao dos outros, e, por isso, sempre correrei atrás das minhas próprias expectativas. Transformá-las-ei em realidade.

Eu não vou viver para sempre. Eu não quero ter medo de mim. O que eu sonho é parte do que eu sou. E o que eu vivo, é o que eu sou por inteiro. E eu quero ser inteira. Quero ser parte desse mundo, fazer acontecer o meu sorriso, e aqueles sorrisos e instantes que forem provocados por outras pessoas, quero que sejam realmente meus.

Eu sei que muitas coisas que eu planejo, não vão ser do mesmo jeito que eu imagino. Mas eu já não tenho medo de cair. Nem do alto. Eu não tenho mais medo de dar errado. Dar errado pode ser a única forma de dar certo.

Agora eu sei que com o pequeno intervalo que eu tenho entre a vida e a morte, eu tenho as únicas chances de realizar o que está escrito para mim. E pode parecer perigoso, mas eu aprendi que é preciso coragem.

Escrito por: Gabrielle Pires Silva

Postado por Gabrielle Pires Silva às 01:19

11 comentários:

Vitor disse...

Pra variar escrevendo muito bem e um belo texto!
Parabéns Gabrielle, vc realmente é muito boa no que faz! =)

Rodolpho Padovani disse...

E ela voltou, uhuul.
Adorei o texto, daqueles que você se pega pensando em sua própria vida e dizendo "realmente há males que vêm para o bem" e que cada um seja sempre cada um, sem imitações ou tentativas de viver a vida alheia.
Parabéns pelo texto.

Beijos.

Darlan disse...

Sem palavras,escreveu muito bem amoor,se todos nois fizessemos isso,seriamos mais felizes,não seria uma pedra que faria a gente parar,e isso que falta muitas das vezes,coragem...coragem de emfrentar de frente a vida,por que quando vamos ver,ja passo,e como diz o seu texto,um pequeno intervalo,tão pequeno que temos que fazer tudo,não tudo tão rapido,mais siim fazer tudo de uma forma que depois desse intervalo você possa lembrar,não de flash´s e sim do momento inteiro,sorrisos,lagrimas,abraços,conselhos,amigos,amores,saudades,tudo isso nesse pekeno intervalo entre a vida e a morte, e dizem que essas duas coisas sao as coisas que temos mais certesas,eu descordo,tenho certesa,se eu não amei vou amar,se não sofri de verdade,ainda vou sofrer,e se não vivi intensamente,não chegou minha hora de morrer! lembre disso,viva sempre da forma que você escreveu,quem sabe voce não mode pensamentos de muitas pessoas! beijos linda!

Alinne disse...

Dar errado pode ser a única forma de dar certo.

Uau. Minha irmã é filósofa, okay? Cara, que frase brilhante.
Texto maravilhoso, muito inspirador pra mim. <3

Te amo

meleca no nariz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
yucatequila disse...

Que bom que você voltou com o Blog. Seus textos é um dom que nao pode ser disperdiçado.
Mto lindo o texto, parabens . te amo

Mariana Mana disse...

cara . a cada vez mais da vontade de voltar aqui e ter o privilégio de ler com maior atenção do mundo a cada frase que você escreve, a cada detalhe que é mostrado, parábens, e continue assim porque você vai longe em um piscar de olhos. Da sua fã louca. maryh s2

Laila Saltoris disse...

cara eu amo TODOS os seus textos. como vc consegue?
é um mais perfeito que o outro!

"Eu sei que muitas coisas que eu planejo, não vão ser do mesmo jeito que eu imagino. Mas eu já não tenho medo de cair." AMEI

@thwashere disse...

Mais um texto e mais um comentário meu por aqui! :)
Agradeço pela visita ao meu blog, pelos elogios e tudo mais. Enfim, acho que você deve continuar atulizando sempre que puder, porque você tem esse talento com você desde que eu te conheço. Isso é fato.
Quanto a detalhes, quando você fala de coragem no texto, eu lembrei de um trecho de Coraline e fiquei encantada! Parabéns mesmo, viu? :D

Pedro Nigro disse...

Sabe que sou um dos seus maiores admiradores, desde sempre. Você me surpreende cada vez mais! Postei no twitter esse texto, RT pra gente lá.

Abraão C. de Santana disse...

Putz... Mto bom...
Vc escreve bem , garota!

Postar um comentário