sexta-feira, 1 de abril de 2011

Palavras

Palavras são tão tendenciosas. Trazem-te a uma realidade em que você mesmo não crê. Enganam-te tão facilmente que nem parecem terem sido proferidas por si mesmo. Palavras nos enganam o tempo todo. Fogem, armam armadilhas, sentem por ti um sentimento que não existe. Afinal, palavras são só palavras, não são contratos nem assinaturas. Não têm um prazo de duração. Assim você pode ‘dizer’, ‘desdizer’, ‘re-dizer’, e enquanto se arrepender, ir mudando entre o dito e o não dito. Palavras são o que você quer, não o que você tem. Você pode dizer um mundo e não sentir um só país.

Escrito por: Gabrielle Pires Silva
Postado por Gabrielle Pires Silva às 01:11

4 comentários:

Alinne disse...

Tomara que continue postando, minha foca brilhante *---*
Texto maravilhoso, adorei, especialmente, a metáfora do final.

Te amo <3

adalcarmo disse...

"Simbolos, se calhar tudo é simbolos!"(Alvaro de Campos)

É da palavra o poder de criação, da vida.
Antes do verbo iniciático
o grande Om
nomear, contar & mentir já fazia parte dos deuses que por aqui passeavam.
& o humano, deus enclausurado, manifesta-se no mundo através do verbo que faz mover mundos...

ps: A última imagem do seu texto é realmente belíssima.

Laila Saltoris disse...

Não discordo de uma palavra do seu texto!
Vc sabe colocar simples pensamentos com belas palavras...
Amo seus textos, vc sabe! Torcendo pra que vc não desista!

Camila disse...

Também acho que palavras são traiçoceiras, sempre. Elas são tão incríveis quanto mentirosas.

http://meropoemacp.blogspot.com/

Postar um comentário