quarta-feira, 20 de abril de 2011

A queda

Eu estava caindo. Eu podia perceber o quão alto era. Eu caía devagar para que talvez repensasse tudo que fiz. Ou talvez só para que sentisse mais medo mesmo. Meus cabelos sobre meu rosto, o vento forte. Definitivamente eu estava longe do chão ainda, porém mais perto do que eu gostaria. O engraçado, é que de tão vagarosa esta queda, eu estava começando a me adaptar com a sensação. Não que fosse boa, claro. Só não sentia mais tanto medo.

Sabia exatamente o que me esperava: o chão. Sentia frio, mas já estava arrepiada só com a idéia de cair. Fechei os olhos. Lembrei de tantas coisas. Me arrependi, me culpei, me puni. Sorri sozinha enquanto lembrava o que valeu a pena. Nada de tocar o chão. Meu coração acelerando novamente. Sabia que não teria ninguém e nenhuma fortaleza me esperando. E mesmo se tivesse, seria inútil. Abri os olhos. Angustiante. Eu já via o que me aguardava. Mordi os lábios. O estômago se contorceu. Lembrei de quando você me avisou que isso aconteceria. Mais uns dois segundos e por mais surpreendente que possa parecer, finalmente cheguei ao meu destino final. Caí.

Toquei ao chão com meu corpo cansado de tanta adrenalina. E, mesmo sendo a última coisa que eu aprendi, nestes últimos segundos, tive a certeza de que é melhor concretizar algo por pior que seja, do que prolongar a incessante sensação de medo e sofrimento.

No final, foi apenas o susto da queda. Depois dormi, como um anjo.

Escrito por: Gabrielle Pires Silva

Postado por Gabrielle Pires Silva às 14:49

15 comentários:

Thais disse...

"é melhor concretizar algo por pior que seja, do que prolongar a incessante sensação de medo e sofrimento." É a mais pura verdade, sabe?
Enfim, mais um texto ótimo! :)
Ps: Lembrei de Lua Nova, Bella e etc kk

Joice disse...

"tive a certeza de que é melhor concretizar algo por pior que seja, do que prolongar a incessante sensação de medo e sofrimento" PERFEITO!

Villa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joice disse...

Ah,lembrei de Lua nova tbm.

Rodolpho Padovani disse...

É, até mesmo uma queda, ainda que em sonho pode nos ensinar algumas lições. Tá pegando firme no blog, tô gostando de ver =)

Beijos.

Hudson disse...

Adoreeei =)
Pena que muitas pessoas não tem coragem de fazer valer uma decisão, por mais que ela doa, preferem permanecer naquele sofrimento! Arrazou Gabrielle. :*

Olívia Brito disse...

Então eu não fui a única que lembrou da Bella, haha.
Muito bom o texto :)

JULIA disse...

Adorei demais! A cada texto seu me surpreendo com seu talento!

Thayanne disse...

Arrasou gabi, achei lindo está de parabéns eu adoro seu blog (:

Mayara disse...

"...é melhor concretizar algo por pior que seja, do que prolongar a incessante sensação de medo e sofrimento..." . lindo o texto, gabiii!

Ana Neves disse...

"é melhor concretizar algo por pior que seja, do que prolongar a incessante sensação de medo e sofrimento." *-*
lindo o texto amiguinha

Mariana Mana disse...

e mais um texto, mais um orgulho. realmente, é aquele velho ditado. ''quanto mais alto o sonho mais alto é a queda.'' Não estou falando que agente nunca deve sonhar. é questao de voce saber diferenciar o sonho de realidade, e comparar suas possibilidades e sempre manter o pé no chão.

Marcelle Braga disse...

Sei exatamente o que você quis dizer com: "E, mesmo sendo a última coisa que eu aprendi, nestes últimos segundos, tive a certeza de que é melhor concretizar algo por pior que seja, do que prolongar a incessante sensação de medo e sofrimento." Amo o modo como você escreve, o modo como encontra insubstituíveis palavras para cada frase. Sempre nos tocando com seu jeito meigo e sua personalidade. Parabéns. Te amo!

Laila Saltoris disse...

pelo visto não fui a única que amei a parte "é melhor concretizar algo por pior que seja, do que prolongar a incessante sensação de medo e sofrimento." rs
perfeito !

Muriel Günster disse...

Perfeito

Postar um comentário