domingo, 26 de junho de 2011

Vida Literária

Dedicado para Laila Saltoris

Eu troquei os pontos por vírgulas. Às vezes, até mesmo das vírgulas esqueci. Não quis complicar as coisas. E um texto simples é aquele que contém poucas pontuações, poucas palavras difíceis. Substituí todo aquele ódio por compreensão.  Eu tirei tudo do lugar e coloquei mais perto de mim o que me agradava. Bem perto, quase me sufocando, para não ter espaço de me preocupar com o que me fazia mal. Eu troquei os blackouts por cortinas leves. Quero ver o sol quando ele aparecer. Quero vê-lo se pondo, me dizendo que volta amanhã, que cansou de trabalhar. Substituí as palavras. Descobri que posso dizer as mesmas coisas com diferentes impactos quando mudo pequenamente os vocábulos, a pronúncia ou o tom. Mudei a forma de olhar os erros dos outros, comecei a me por em seus lugares e imaginar minhas reações. Talvez eu fosse pior do que eles. Bem pior.
Os pontos, as vírgulas e os parágrafos que coloquei entre tanta gente e tanta coisa que eu passei, só prolongaram uma poesia infeliz que escrevi. Por isso quero menos pausas na leitura, menos mudanças de assunto. Quero tudo na mesma estrofe, tudo no mesmo parágrafo, para que de forma rápida seja tudo perfeito. Trocando o ruim pelo bom e adaptando o impossível para considerável. Aprendi claramente que substituições que fazemos em nossas vidas, tornam as coisas insubstituíveis claramente desinteressantes. Descobri isso quando troquei os “adeus” por um breve “até logo” e então nunca mais chorei enquanto me despedia. 

Escrito por: Gabrielle Pires
Postado por Gabrielle Pires Silva às 13:54

18 comentários:

Maiara Cupertino disse...

Que liiiindooo! Amei! :D

Lorena Sampaio disse...

OAO
Que lindo! *--*
Parabéns Gabi

Michel Torres disse...

minha irmãzinha é muito culta gente.
olha q fluência! parabéns gabi!!!

meu orgulho!

Laila Saltoris disse...

Perfeito! *-*

"Quero tudo na mesma estrofe, tudo no mesmo parágrafo, para que de forma rápida seja tudo perfeito. Trocando o ruim pelo bom e adaptando o impossível para considerável. Aprendi claramente que substituições que fazemos em nossas vidas, tornam as coisas insubstituíveis claramente desinteressantes."

Mais um texto incrível.
Fico lisonjeada por ter sido dedicada nesse texto lindo! *-*
Obrigada minha linda!

Victor Caldas disse...

Lindo o texto (:

Ana Neves disse...

"Descobri isso quando troquei os “adeus” por um breve “até logo” e então nunca mais chorei enquanto me despedia."

cada verso do seu texto é perfeito. parabéns amiguinha, espero que continue sempre assim s2

Marcelle Braga disse...

Texto extremamente fofo, amiga! Gostei muito! Cada palavra perfeitamente bem colocada. Você é linda, muito sábia e talentosa. Te admiro e te amo!

Lagosta disse...

Você está certa quando diz que é boa em finais.

Descobri isso quando troquei os “adeus” por um breve “até logo” e então nunca mais chorei enquanto me despedia.

Frase perfeita <3

Minha gênia *-*

Rodolpho Padovani disse...

Acho que eu preciso reorganizar minha vida literária depois de ler isso, há algumas vírgulas desnecessárias e pontos finais invisíveis, preciso também dar um jeito nas reticências que teimam em aparecer.

Gostei muito desse, parabéns =)

Andressa Joannes. disse...

"Aprendi claramente que substituições que fazemos em nossas vidas, tornam as coisas insubstituíveis claramente desinteressantes."

"troquei os “adeus” por um breve “até logo” e então nunca mais chorei enquanto me despedia"

Super legaal, a cada dia seus textos estão mais lindos Gabi! Parabéns :D

gabrielafortunato disse...

"Quero tudo na mesma estrofe, tudo no mesmo parágrafo, para que de forma rápida seja tudo perfeito. Trocando o ruim pelo bom e adaptando o impossível para considerável. Aprendi claramente que substituições que fazemos em nossas vidas, tornam as coisas insubstituíveis claramente desinteressantes. Descobri isso quando troquei os “adeus” por um breve “até logo” e então nunca mais chorei enquanto me despedia."

Adoooooooorei Gabi, mais um ne! rs

Giovanne Joannes disse...

Ficou muito bom criança :D

Bel disse...

"Quero ver o sol quando ele aparecer. Quero vê-lo se pondo, me dizendo que volta amanhã, que cansou de trabalhar. Substituí as palavras. Descobri que posso dizer as mesmas coisas com diferentes impactos quando mudo pequenamente os vocábulos, a pronúncia ou o tom."

amei s2

Patrick Andrade disse...

Me amarrei no final: "Descobri isso quando troquei os 'adeus' por um breve 'até logo' e então nunca mais chorei enquanto me despedia."

Isabelle Soares disse...

Ficou realmente lindo!
Adoro metáforas, ficaram maravilhosas e se encaixaram perfeitamente.
Parabéns Gabi!

Thaiana disse...

Lindaaaa, mais um texto perfeito...
adoro sua forma de escrever e se expressar, me vejo e sinto as vezes como se estivesse dentro de mim mesma ...

Bjus e cada vez me surpreende e me emociona mais *-*

A.C disse...

''Trocando o ruim pelo bom e adaptando o impossível para considerável. ''
Nem preciso elogiar né, fico lindo .. você se expressa muito bem !
Parabéns!

Clarinha disse...

Muito lindo, vc escreve muito bem. Adorei o blog !

Bjs
http://maviealeatoire.blogspot.com/

Postar um comentário