sexta-feira, 24 de junho de 2011

O melhor dos sentimentos

Texto dedicado à Thaiana Correa pela sugestão do tema: Relacionamentos.

Já dizia a minha avó. Fácil viver, difícil conviver. Essa frase nunca saiu da minha cabeça. Entender a nossa mente já é um desafio constante, quem dirá entender a de outra pessoa e ainda conectá-la a sua?! Desse sacrifício é que percebemos o amor. É a partir daí que nos relacionamos intimamente, pequenamente ou sutilmente com as pessoas. E descobrimos qual delas torna a nossa vida mais especial.
Os relacionamentos nos trazem um pouco do conjunto para o individual. Formamos um só a partir de dois, e com isso, sabemos que não podemos nos perder deste, que nos completa de forma única, que se arrancado deixará uma grande parte vazia, irreparável.
Mas em um mundo cada vez mais egocêntrico, temos tanto medo de nos dividirmos em corações, nos espalharmos e recebermos outras partes, que nos fechamos em um mundo solitário, cada vez mais distante do que chamaríamos de ‘amor’.
Existem sim, aqueles mais fáceis de relacionar. Com um vasto repertório de atividades que pratica, com um grande senso de humor, um leque de assuntos, histórias, um sorriso quase inquebrável, e ainda uma compreensão assustadora para qualquer tipo de situação. Contrapartida, existem aqueles, naturalmente difíceis, imponentes, determinados, teimosos e ciumentos. Estes são maioria, claro. E como conviver sempre batendo de frente? Aí estamos novamente diante da teoria da minha avó. Difícil conviver. Mas não por isso impossível.
Sabemos que amamos pessoas difíceis, quando passamos por cima de tudo para estarmos bem com elas. Elas sempre sabem que são amadas primeiro. Antes das pessoas mais fáceis. Pessoas fáceis são amadas e admiradas por qualquer um. Qualquer um suporta a companhia. As difíceis não. Sabem reconhecer o amor verdadeiro a partir da aceitação. Aqueles que não desistem delas, são os escolhidos, os especiais.
Enquanto o mundo vai interagindo, se esquece de relacionar-se. Virtuais, somos peças vagas e virtuais. Perdemos contato, nos perdemos de vista e esquecemos até a voz das pessoas. Mais fácil ainda esquecermos-nos dos defeitos, das manias. Perdemos o difícil convívio e nos enganamos a respeito das pessoas. Perdemos tempo. Afinal, é dessa real convivência que nasce o melhor dos sentimentos. E desse melhor dos sentimentos surge esse tão temido relacionamento, que cá pra nós, não devia ser tão difícil assim. 

Escrito por: Gabrielle Pires
Postado por Gabrielle Pires Silva às 17:22

12 comentários:

Victória disse...

Ain, que lindo esse texto! Muito fofo e muito verdadeiro também. Parabéns, Gabi, e eu concordo plenamente com a teoria da sua avó hahaha Beijos!

Cellus disse...

Como disse Victória, muito verdadeiro msmo esse texto...
Parabens.. cada dia seu talento e inspiração crescem mais

Lorena Gonçalves disse...

OWN . Muuito fofo , como todos que você escreve !
Gaby, você arrasa !

Marcelle Braga disse...

Digno! Gostei muito, muito mesmo! Texto incrível, verdadeiro, bem impactante... positivamente, claro! Parabéns, amiga!

Anα Pαulα disse...

Gabi, amei esse texto, muito lindo mesmo, você sempre sabe se expressar muito bem, em relação a qualquer assunto, esse é seu dom, mais esse sobre relacionamentos superou tudo, perfeito demais! Continue assim, que você vai longe... eu concordo plenamente com a teoria da sua avó ein! Amanda, você é divona. s2

Laila Saltoris disse...

Lindo texto!
Tá inspirada mesmo, hein?! Continue assim! hahah
beijos minha linda

Giulia disse...

"Existem sim, aqueles mais fáceis de relacionar.[...]Contrapartida, existem aqueles, naturalmente difíceis, imponentes, determinados, teimosos e ciumentos." Muito real.
Adorei!! sz

Abraão C. de Santana disse...

Você é chatinha e as vezes pode ser difícil, mas eu convivo bem com vc! AHUSHASUHASUAH!! xD
Bom texto , moleca!

Annynha Lourenço disse...

Muito lindo, gabi *-* Você sempre arrasa.

Thaiana disse...

Ah lindonaaaaaaaaaaaaaaaa vlw pela dedicatória, foi perfeitoooo ..
Relacionamentos e complicado mais quem vive sem eles?

"um dia encontro a formulka certa pro amor..."

Ameiiiii .. bjus!

Giovanne Joannes disse...

ééé criança, legal! gostei muito haha :D

Gustavo disse...

sim somos 2 tralhas especias, kkk

Postar um comentário