segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Feições de um amor


Acho que te amei desde o primeiro beijo. As primeiras palavras doces, os primeiros olhares, sorrisos, as primeiras coisas em comum.
Acho que te amei desde o primeiro instante, as primeiras sonoras besteiras que dissemos um ao outro tentando nos convencer de que fomos feitos um para o outro sem nem mesmo acreditar no que dizíamos... Estávamos certos.
Acho que te amei tão verdadeiramente a ponto de calar-me, aquietar-me com a sua felicidade e procurar a minha em outros lugares, outros corpos e outros sorrisos, - não tão doces quanto os seus. - Aceitar as tuas escolhas e te deixar partir. E sorrir diante disso, vendo o teu sorriso.
Acho que o nosso amor se tornou forte pelos desafios. Pelas pequenas conquistas, pelos dias de luta e pelos dias de glória, pelos dias felizes e os dias tristes. O nosso amor sempre foi demonstrado de forma inconstante.  
Acho que você nunca conseguiria me fazer chorar de propósito, apesar de ter feito inúmeras e repetidas vezes. Isso ameniza, apaga a mágoa e me faz até sorrir nostalgicamente de lembrar.
Acho que os motivos de não ter dado certo, não me importam mais. A cada centímetro de felicidade que eu encontro pela frente, perco a graça de lamuriar o que me passou. Encho-me de vigor para seguir em frente de mãos dadas contigo.
Acho que é disso que se trata o amor. Das pequenas superações e das grandes conquistas entre o passado, o presente e o futuro. 

Escrito por: Gabrielle Pires Silva
Postado por Gabrielle Pires Silva às 03:11

10 comentários:

Andressa França disse...

Que lindo e apaixonado ! Lembro que os mais antigos não costumavam falar "nitidamente" de alguém ou algo específico. Os de agora parecem falar... Não pare nunca, adoro seus textos !

Gabriela Fortunato disse...

"Acho que te amei desde o primeiro instante, as primeiras sonoras besteiras que dissemos um ao outro tentando nos convencer de que fomos feitos um para o outro sem nem mesmo acreditar no que dizíamos... Estávamos certos."
Já tava com saudade, haha. Adorei Gabi, parabéns!!

Laila Saltoris disse...

eeee, a inspiração voltou!! \o/ haha
viu, vc não é tão dramática assim! =)
ameiii o texto! não pare de escrever, seus fãs agradecem! hahah
beijos amorr

Thais Rodrigues disse...

"Acho que te amei desde o primeiro beijo. As primeiras palavras doces, os primeiros olhares, sorrisos, as primeiras coisas em comum.
Acho que te amei desde o primeiro instante, as primeiras sonoras besteiras que dissemos um ao outro tentando nos convencer de que fomos feitos um para o outro sem nem mesmo acreditar no que dizíamos... Estávamos certos."

Nossa! Me identifiquei tanto, tanto, tanto com essa parte. E depois dizem que não existe amor à primeira vista. Bem, não exatamente falando de visão, mas sim de papo. Coisas em comum e olhares que se respeitam.
Enfim, amei mesmo.

Beijos,
Thais.

www.cadernoderisos.blogspot.com.br

Thaís Lima disse...

"Acho que o nosso amor se tornou forte pelos desafios. Pelas pequenas conquistas, pelos dias de luta e pelos dias de glória, pelos dias felizes e os dias tristes." Amei. Estava com saudades, quero mais! haha Ta lindo o texto. rs :)

Bruno Reynaud disse...

Perfeito o texto, uma das mais belas formas de se olhar para esse tão complexo sentimento, chamado AMOR. Te amo linda, continue assim...

tamires gouvêa disse...

''A cada centímetro de felicidade que eu encontro pela frente, perco a graça de lamuriar o que me passou. Encho-me de vigor para seguir em frente de mãos dadas contigo.
Acho que é disso que se trata o amor. Das pequenas superações e das grandes conquistas entre o passado, o presente e o futuro.'' Cada dia melhor Gabi, ótimo texto, estou orgulhosa :')

Clarinha disse...

Texto lindo, uma maneira forte e corajosa de enxergar o amor. Gostei dessa atitude.

Bjs
http://maviealeatoire.blogspot.com.br/

Mayara Regalo disse...

"Acho que te amei desde o primeiro beijo. As primeiras palavras doces, os primeiros olhares, sorrisos, as primeiras coisas em comum.
Acho que te amei desde o primeiro instante, as primeiras sonoras besteiras que dissemos um ao outro tentando nos convencer de que fomos feitos um para o outro sem nem mesmo acreditar no que dizíamos... Estávamos certos." Adorei! Muito lindo este texto! Parabéns, Gabi! :) Tá arrasando como sempre!

Quero novos heim! rs

Beijos

Anônimo disse...

Hi, Nеat post. There is an issue along with your site in internet exploreг, could teset this?
IE still is tɦe mɑrket chief and a llargе compnent of folks
will lеɑve out your grat writing due to this
problem.

Feel free to visit my page ... déménagement martin sherbrooke

Postar um comentário