quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Não tema viver

Aceite a conseqüência de seus atos. Por mais duras que elas sejam. Mas nem por isso, se culpe para sempre. Se dê a chance de se livrar dos teus estigmas. Conserte ou encare as mudanças e os erros que foram deixados para trás.
Todos tropeçam, todos caem. Dignidade não está na forma de andar sem nunca tombar, e sim na forma de levantar. Apavore-se menos com o que é fútil, com a opinião dos outros. Encare e questione mais quais são os seus valores, como você se vê diante das situações e é claro: perdoe-se. Não há porque julgar com tanta rigidez um erro ou um passo em falso. Todos nós estamos tão desequilibrados.
Permita-se o benefício do medo, do erro. Permita-se orgulhar-se quando acertar também. Vaidade não é de um todo algo ruim, e há quem diga que só nós mesmos sabemos o valor das nossas conquistas, por menor que sejam. Pura verdade. Somos tão mal remunerados e reconhecidos pelas nossas vitórias enquanto somos massacrados diante das derrotas, da falta de sucesso.
Então, mesmo tendo medo do erro, da queda, das pessoas que te apontam, não tema viver. Não tema por que a vida também é cheia de coisas boas, e quando elas aparecem, nos fazem esquecer a dor.
Por mais que as outras pessoas não sejam felizes junto contigo, mas sim, enquanto você sofre, arrume razões para se alegrar e se perdoar todos os dias. Pela culpa, pelo medo, pelo rancor e pelos pecados. Essa é a primeira forma de encarar os desafios, de aceitar a vida e de ser feliz consigo mesmo.

Escrito por: Gabrielle Pires Silva
Orientado por: Marcellus Moura
Postado por Gabrielle Pires Silva às 23:37

13 comentários:

Edu @dusaw disse...

ahazou na rehab, adorei :3

Lagostinha boazinha disse...

Texto maravilhoso.

"Apavore-se menos com o que é fútil, com a opinião dos outros. Encare e questione mais quais são os seus valores, como você se vê diante das situações" - Na hora pensei que era total o que você precisava.

"Não tema por que a vida também é cheia de coisas boas, e quando elas aparecem, nos fazem esquecer a dor." - Essa foi muito para mim.

"Aceite a conseqüência de seus atos. Por mais duras que elas sejam. Mas nem por isso, se culpe para sempre. Se dê a chance de se livrar dos teus estigmas." - Essa parte foi muito para a Amanda.

Você é demais <3

Vitor de Abreu disse...

"Apavore-se menos com o que é fútil, com a opinião dos outros."

Tenho seguido muito essa linha de pensamento ultimamente. Está lindo o texto!

Laila Saltoris disse...

AMEI esse texto!

"Então, mesmo tendo medo do erro, da queda, das pessoas que te apontam, não tema viver. Não tema por que a vida também é cheia de coisas boas, e quando elas aparecem, nos fazem esquecer a dor."

Perfeito cara!!

Michel Torres disse...

Hi little sister! XD

Tá lindo o texto! já pensou em um livro?

escreve bem, gosto disso em vc!

beijo querida e parabéns mais um vez. esse blog é uma conquista sua! pense nisso! :)

gabrielafortunato disse...

"Vaidade não é de um todo algo ruim, e há quem diga que só nós mesmos sabemos o valor das nossas conquistas, por menor que sejam. Pura verdade. Somos tão mal remunerados e reconhecidos pelas nossas vitórias enquanto somos massacrados diante das derrotas, da falta de sucesso."

Adoooooooorei Gabi!

Giulia disse...

"Dignidade não está na forma de andar sem nunca tombar, e sim na forma de levantar."

Tomara que você continue alcançando seus leitores com seus textos lindos, assim como faz comigo. s2

Lídy disse...

"Então, mesmo tendo medo do erro, da queda, das pessoas que te apontam, não tema viver. Não tema por que a vida também é cheia de coisas boas, e quando elas aparecem, nos fazem esquecer a dor."
Ameei :D

Marcelle Braga disse...

Sua forma de encarar o mundo é uma das coisas que mais me admira em você. Sua personalidade é incrível. Amei o texto, e se quer pude tirar um trecho/frase de destaque ou que me identifiquei, como costumo fazer, pois amei cada palavra, cada parte. Maravilhoso, amiga! Parabéns, você se supera mais e mais a cada dia. Te amo!

Rodrigo Angelo disse...

O importante é viver, errar é uma consequência, porém para vc descobrir que tomou a decisão correta, tem q ter passado por mts erros para aprender a diferenciar o certo do errado...prefiro pecar pela atitude do que ser omisso. Bjs bb!

Sharon disse...

Perfeito o texto! Eu vivo errando e nem ligo, faz bem haha

Jennifer Abreu disse...

" Apavore-se menos com o que é fútil, com a opinião dos outros. Encare e questione mais quais são os seus valores, como você se vê diante das situações e é claro: perdoe-se. " AMEEEEEEEI!

Patrick disse...

Gostei! "Permita-se o benefício do medo, do erro." Devemos sempre nos beneficiar dos erros :)

Postar um comentário